Home Notícias Volkswagen deixa de descartar 7 toneladas de plástico por ano

Volkswagen deixa de descartar 7 toneladas de plástico por ano

Comentários desativados em Volkswagen deixa de descartar 7 toneladas de plástico por ano

 

 
\"\"/A fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté (SP) eliminou completamente o uso de sacos plásticos nas embalagens dos chicotes elétricos fornecidos à unidade. Os conjuntos de fios e encaixes que formam o sistema elétrico do veículo, que antes eram embalados individualmente pelo fornecedor, agora são acondicionados e separados em caixas com divisórias que seguem um modelo parecido com uma “colmeia”. Em um ano, a mudança eliminou o descarte de mais de 1,5 milhão de sacos plásticos, ou o equivalente a 7 toneladas do insumo. Se fossem abertos e colocados lado a lado, os sacos plásticos não utilizados seriam suficientes para cobrir uma área equivalente a 40 vezes o campo do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (mais de 360 mil m²).
 
Essa eliminação dos sacos plásticos no processo logístico da unidade que produz os modelos up!, Gol e Voyage foi obtida a partir do estudo realizado por engenheiros e analistas da área de Qualidade Assegurada. O grupo coordenou em parceria com os fornecedores das peças o desenvolvimento de uma nova embalagem para os chicotes, de forma que a qualidade do produto fosse preservada.
 
“Estamos sempre em busca de fortalecer a sustentabilidade como princípio de gestão na empresa. Como o plástico é um material que demora mais de 200 anos para se decompor na natureza, é fundamental criarmos soluções sustentáveis que permitam o uso racional de recursos”, explicou o diretor de Qualidade Assegurada da Volkswagen do Brasil, Richard Schwarzwald.
 
Além dos ganhos ambientais, a eliminação das embalagens plásticas contribuiu para a melhoria do processo produtivo com a otimização do tempo, uma vez que o operador precisava desembalar e manusear as peças antes de executar a operação de montagem na linha de produção.
 
Para o vice-presidente de Operações da Volkswagen do Brasil, Otto Joos, a implementação de ações como essa estão alinhadas com os conceitos e estratégias mundiais da empresa, como o “Think Blue. Factory”. “O compromisso com o meio ambiente sempre foi uma responsabilidade da Volkswagen. Além de cuidarmos do planeta e garantirmos a qualidade de vida das futuras gerações, as inovações de sustentabilidade representam uma vantagem competitiva para a Volkswagen pela redução nos custos de 
fabricação dos veículos”, explica.
 
"Think Blue."
 
Com a meta de se tornar a fabricante de veículos mais sustentável do mundo, a Volkswagen lançou em 2010 a iniciativa global “Think Blue.”, que incorpora o objetivo de criar soluções e produtos ecologicamente corretos. Com o conceito “Think Blue.”, a Volkswagen também pretende influenciar a consciência pública sobre a importância da sustentabilidade. O conceito “Think Blue.” tem como proposta tornar a mobilidade mais eficiente e sustentável, acessível a todos e se aplica em tecnologias ambientais, como por exemplo o desenvolvimento de carros cada vez mais eficientes. O conceito “Think Blue. Factory.”, por sua vez, é aplicado ao processo produtivo da empresa e que tem como metas a redução de 25% no consumo de energia elétrica e térmica, água, geração de resíduos, CO² e solventes, até 2018, de todas as fábricas do Grupo Volkswagen.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Volkswagen deixa de descartar 7 toneladas de plástico por ano

Comentários desativados em Volkswagen deixa de descartar 7 toneladas de plástico por ano

 

 
\"\"/A fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté (SP) eliminou completamente o uso de sacos plásticos nas embalagens dos chicotes elétricos fornecidos à unidade. Os conjuntos de fios e encaixes que formam o sistema elétrico do veículo, que antes eram embalados individualmente pelo fornecedor, agora são acondicionados e separados em caixas com divisórias que seguem um modelo parecido com uma “colmeia”. Em um ano, a mudança eliminou o descarte de mais de 1,5 milhão de sacos plásticos, ou o equivalente a 7 toneladas do insumo. Se fossem abertos e colocados lado a lado, os sacos plásticos não utilizados seriam suficientes para cobrir uma área equivalente a 40 vezes o campo do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (mais de 360 mil m²).
 
Essa eliminação dos sacos plásticos no processo logístico da unidade que produz os modelos up!, Gol e Voyage foi obtida a partir do estudo realizado por engenheiros e analistas da área de Qualidade Assegurada. O grupo coordenou em parceria com os fornecedores das peças o desenvolvimento de uma nova embalagem para os chicotes, de forma que a qualidade do produto fosse preservada.
 
“Estamos sempre em busca de fortalecer a sustentabilidade como princípio de gestão na empresa. Como o plástico é um material que demora mais de 200 anos para se decompor na natureza, é fundamental criarmos soluções sustentáveis que permitam o uso racional de recursos”, explicou o diretor de Qualidade Assegurada da Volkswagen do Brasil, Richard Schwarzwald.
 
Além dos ganhos ambientais, a eliminação das embalagens plásticas contribuiu para a melhoria do processo produtivo com a otimização do tempo, uma vez que o operador precisava desembalar e manusear as peças antes de executar a operação de montagem na linha de produção.
 
Para o vice-presidente de Operações da Volkswagen do Brasil, Otto Joos, a implementação de ações como essa estão alinhadas com os conceitos e estratégias mundiais da empresa, como o “Think Blue. Factory”. “O compromisso com o meio ambiente sempre foi uma responsabilidade da Volkswagen. Além de cuidarmos do planeta e garantirmos a qualidade de vida das futuras gerações, as inovações de sustentabilidade representam uma vantagem competitiva para a Volkswagen pela redução nos custos de 
fabricação dos veículos”, explica.
 
"Think Blue."
 
Com a meta de se tornar a fabricante de veículos mais sustentável do mundo, a Volkswagen lançou em 2010 a iniciativa global “Think Blue.”, que incorpora o objetivo de criar soluções e produtos ecologicamente corretos. Com o conceito “Think Blue.”, a Volkswagen também pretende influenciar a consciência pública sobre a importância da sustentabilidade. O conceito “Think Blue.” tem como proposta tornar a mobilidade mais eficiente e sustentável, acessível a todos e se aplica em tecnologias ambientais, como por exemplo o desenvolvimento de carros cada vez mais eficientes. O conceito “Think Blue. Factory.”, por sua vez, é aplicado ao processo produtivo da empresa e que tem como metas a redução de 25% no consumo de energia elétrica e térmica, água, geração de resíduos, CO² e solventes, até 2018, de todas as fábricas do Grupo Volkswagen.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ford desenvolve simulador de corridas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida

O simulador Team Fordzilla Ford Adapta criado na Espanha dá mais acessibilidade aos fãs de…