Home Notícias Nissan e.dams enfrentará forte calor no retorno do E-Prix de Marrakesh

Nissan e.dams enfrentará forte calor no retorno do E-Prix de Marrakesh

Comentários desativados em Nissan e.dams enfrentará forte calor no retorno do E-Prix de Marrakesh

Equipe está preparada para experimentar temperaturas crescentes na primeira corrida de Fórmula E em Marrakesh desde 2020

A Nissan e.dams segue para Marrakesh neste fim de semana para a disputa da 10ª rodada do Campeonato Mundial de Fórmula E ABB FIA 2021/22, com a equipe pronta para enfrentar temperaturas extremas no último evento de corrida única do calendário.

A adição tardia ao calendário da 8ª temporada, que substitui Vancouver, Canadá, marca a quinta vez que a Fórmula E corre na Cidade Vermelha, onde Sébastien Buemi e Maximilian Günther tiveram sucesso. Buemi venceu o primeiro E-Prix de Marrakesh em 2016 e terminou em segundo em 2018, enquanto Günther estava no pódio na última vez que a Fórmula E viajou para o Circuito Internacional de Automóveis Moulay El Hassan em 2020.

O evento estará sujeito a um calor intenso, algo nunca visto antes no E-Prix de Marrakesh. Espera-se que a temperatura do ar suba para quase 40 °C, trazendo desafios adicionais para os pilotos e equipes.

Para combater o calor do meio-dia, a Fórmula E implementará um cronograma ligeiramente alterado. Em vez de realizar todas as sessões em um dia, o Treino Livre 1 acontecerá na sexta-feira à noite, com o Treino Livre 2 e a Qualificação no sábado de manhã. Haverá então um intervalo antes da corrida, que terá início às 17h, hora local (GMT+1).

“Estamos todos ansiosos por Marrakesh, já estivemos lá antes, mais recentemente, na 6ª temporada”, disse Tommaso Volpe, gerente geral da Nissan Formula E e diretor administrativo da Nissan e.dams Formula E Team. “Os pilotos gostam do circuito, combina com os carros da Fórmula E e oferece muitas chances de ultrapassagem. Ao contrário das edições anteriores do E-Prix de Marrakesh, o evento deste fim de semana será realizado no verão, o que significa temperaturas ainda mais altas do que as que tivemos em Jacarta. Temos um cronograma de corrida ligeiramente diferente para evitar ação na pista durante as horas mais quentes do dia, o que ajudará, mas ainda será um verdadeiro desafio para nossos pilotos e engenheiros”.

A equipe está relacionando sua presença na Fórmula E aos carros elétricos de produção em massa da Nissan. Buemi correrá com seu Nissan Ariya número 23, em homenagem ao novo SUV crossover totalmente elétrico da fabricante japonesa. O Nissan LEAF número 22 do companheiro de equipe Günther recebeu o nome do conhecido 100% elétrico da marca, lançado pela primeira vez em 2010.

A Nissan corre neste campeonato mundial totalmente elétrico para levar a emoção e a diversão dos veículos elétricos de emissão zero a um público global. Como parte de seu objetivo de alcançar a neutralidade de carbono em suas operações e no ciclo de vida de seus produtos até 2050, a Nissan pretende eletrificar todas as novas ofertas de veículos até o início da década de 2030 nos principais mercados. A montadora japonesa pretende trazer sua experiência na transferência de conhecimento e tecnologia entre a pista e a estrada para melhores veículos elétricos para os clientes.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Jeep vende volume do ano da Gladiator em apenas 3 horas

Clientes esgotaram lote inicial de 322 unidades em 3 horas, confirmando o sucesso total da…