Home Dicas e Serviços Manutenções periódicas nos veículos ajudam a prevenir acidentes

Manutenções periódicas nos veículos ajudam a prevenir acidentes

Comentários desativados em Manutenções periódicas nos veículos ajudam a prevenir acidentes

Como identificar previamente superaquecimento e falhas em componentes como bateria e fusível

Falha humana e más condições das vias são situações sempre lembradas quando falamos em causas de acidentes. Mas outro fator importante que precisa estar no radar dos motoristas é a e falta de revisão veicular. Segundo dados da Associação de Entidades Oficiais da Reparação de Veículos do Brasil (Sindirepa), 47% dos automóveis que se envolvem em sinistros já apresentavam algum tipo de problema prévio. Para fazer o alerta, a Allianz Partners, líder global em assistência 24 horas, levantou dados que reforçam o impacto da falta de revisão na segurança viária em todo o Brasil.

“Em nossa pesquisa vemos que um terço de todos os nossos atendimentos para automóveis foram por problemas de pane mecânica ou elétrica que podem ser provenientes da falta de manutenção preventiva nos veículos.”, avalia Leonardo Gava, Diretor de Operações da Allianz Partners. Ao total, a empresa registrou mais de 1 milhão de atendimentos a carros ao longo do ano passado. Deste número, 30% estavam relacionados a falta de manutenção, gerando problemas mecânicos ou elétricos. Além disso, 7,5% foram chamados diretamente relacionados a acidentes com o veículo. “É fundamental termos momentos de reflexão sobre o tema, como é o caso da Semana do Trânsito, para chamar a atenção dos motoristas para a importância da revisão veicular periódica, com o objetivo de evitar acidentes”, explica.

Ainda de acordo com os dados da companhia, disfunções na bateria são o principal motivo de acionamento, com quase 200 mil chamados por ano. Panes elétricas, barulhos e superaquecimento do motor também estão no ranking das chamadas da Allianz Partners.

Veja abaixo os principais indícios de falhas em importantes componentes do veículo:

Bateria – É possível observar na parte superior das baterias um indicador de carga, que mostra o quanto está carregada. A cor verde indica que a bateria está boa para uso, já a cor preta, pode indicar que ela está descarregada ou prestes a acabar.

Fusível – Muitas vezes, as panes elétricas são causadas por fusíveis queimados. Neste caso, a melhor forma de identificar o problema é olhando, no quadro de fusíveis do veículo, qual deles apresenta a lâmina interna rompida. Vale ainda ter alguns fusíveis reserva para não ficar na mão.

Superaquecimento – este item requer um conjunto de cuidados, como o uso do aditivo correto no líquido de arrefecimento, verificação da válvula termostática, das mangueiras, da tampa do reservatório e do funcionamento do eletroventilador.

Artigos Relacionados
Leia mais em Dicas e Serviços
Comentários estão fechados

Veja também

Instituto Árvore da Vida e AVSI Brasil entregam novo espaço de coworking

O ambiente conta com computadores, internet, impressora, salas de reunião e outras ferrame…