Home Notícias Ford testa robô de recarga de carros elétricos para motoristas com deficiência

Ford testa robô de recarga de carros elétricos para motoristas com deficiência

0

A solução foi desenvolvida para facilitar a vida de motoristas com mobilidade reduzida, PCDs e idosos

Para a maioria das pessoas, abastecer o carro ou conectá-lo a uma estação de recarga elétrica é simples. Mas, para motoristas com mobilidade reduzida, PCDs e idosos pode ser um desafio. A Ford desenvolveu na Europa o protótipo de um robô operado pelo smartphone que realiza a recarga, permitindo que o motorista fique dentro do carro ou aproveite o tempo para fazer outras coisas.

Para os motoristas com deficiência a facilidade de recarga é um requisito fundamental na compra de veículos elétricos. A Ford está testando a novidade como parte de um projeto de pesquisa de soluções de carregamento “hands free” para veículos elétricos e autônomos.

Depois das provas em laboratório, os pesquisadores agora estão testando o robô em situações da vida real. Ao ser ativado, ele abre uma tampa e estende o braço com o conector elétrico em direção à tomada do veículo com a ajuda de uma pequena câmera. Os motoristas podem monitorar o estado da carga por meio do aplicativo FordPass. Completada a recarga, o braço volta ao seu lugar.

No futuro, o sistema desenvolvido pela Universidade de Dortmund, na Alemanha, poderá ser instalado em vagas para deficientes em estacionamentos ou residências. Outra aplicação seria o carregamento rápido de frotas de empresas. Mais à frente, o processo poderá ser totalmente automatizado, com mínimo ou nenhum esforço. O veículo simplesmente iria e voltaria da estação de recarga de forma autônoma, guiado pela infraestrutura, ao comando do motorista.

Caminho da eletrificação

O projeto faz parte dos avanços da Ford em eletrificação. A marca já conta com uma rede com mais de 300.000 carregadores na Europa, a Blue Oval Charging Network, que vem crescendo rapidamente. Ela oferece também soluções para o motorista localizar estações e pagar pela recarga usando o sistema de conectividade do veículo, além de serviços para clientes comerciais, como manutenção e software de gestão.

“A estação de carregamento robótica pode ser só uma conveniência para algumas pessoas, mas para quem tem mobilidade reduzida é absolutamente essencial. Oferecer esse tipo de solução faz parte do compromisso da Ford de garantir liberdade de movimento para todos”, diz Birger Fricke, engenheiro do Centro de Pesquisa e Inovação da Ford.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Deixe um comentário

Veja também

BMW Group anuncia o “Desafio de Inteligência Artificial” e leva a diversidade a outro patamar

Com o novo desafio, o BMW Group procura casos de utilização de Inteligência Artificial par…