Home Notícias Estrutura para carros elétricos em Shopping Centers no Brasil ainda é preocupante

Estrutura para carros elétricos em Shopping Centers no Brasil ainda é preocupante

Comentários desativados em Estrutura para carros elétricos em Shopping Centers no Brasil ainda é preocupante

Mesmo com o aumento de vagas nos principais shoppings do país, o motorista ainda encontra limitações na hora de estacionar.

Este ano, pela primeira vez na história, teremos a Copa do Mundo acontecendo no segundo semestre. O evento ocorrerá junto com a Black Friday e o Natal. Estas datas são um incentivo para o consumo, com as já esperadas vendas de televisores (o torcedor tende a comprar uma novinha, para assistir aos jogos em uma tela com melhor definição), de aparelhos eletrônicos, itens de consumo e claro a lista de presentes para o Natal.

Segundo pesquisa realizada pelo Google, 70% dos consumidores pretendem comprar pelo menos um item na Black Friday. Para o Natal este número deve ser ainda maior. Segundo dados da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers). São mais de 620 shopping center ativos no país, com 397 milhões de visitantes por mês, para um total de 1.018.210 vagas de estacionamento. Será que o número de vagas ofertadas para este período será suficiente para atender a todos com qualidade?

Para Ricardo David, sócio diretor da Elev, empresa que apresenta soluções para o ecossistema de mobilidade elétrica, é cada vez mais importante a organização. “Quando tratamos de pontos de recarga públicos e semipúblicos, temos que pensar na importância da reserva dos locais. Deste modo, os usuários precisam estar atentos às regras de agendamento de cada estabelecimento”, afirma.

Para os mais de 100.000 proprietários de carros elétricos ou híbridos no país, ainda é preocupante a falta de estrutura para estas vagas específicas. Uma das maiores administradoras do país, a Multiplan passou a disponibilizar mais vagas dedicadas ao carregamento de veículos elétricos. Atualmente, são cerca de 100 eletropostos, distribuídos em 19 shoppings de administração própria: sendo 28 em São Paulo e região metropolitana, 26 postos nos shoppings do Rio de Janeiro, 13 em Belo Horizonte, 12 em Porto Alegre, 12 em Curitiba e 7 em Brasília.

No montante, o Brasil tem atualmente cerca de 1.300 eletropostos públicos (parques, ruas e praças) e semipúblicos (shoppings, supermercados) para recarga de veículos elétricos. Até o final de 2022, o número deverá atingir 3 mil. Segundo dados da Elev, São Paulo é a campeã do país no setor, com 445 eletropostos, seguidos por Rio de Janeiro com 120 postos e Brasília com 90 postos.

“É claro que os dados não conseguem aferir quantos pontos privados de carregamento nós temos no país: sejam em domicílios ou em conjuntos residenciais. Porém, ainda assim, os números são baixos quando comparamos com outros mercados. É necessário mais investimento na infraestrutura, para que, desta forma, tenhamos mais desenvolvimento no segmento no Brasil”, afirmou Ricardo David.

Além do alto investimento no veículo elétrico, os brasileiros precisarão investir uma boa dose de resiliência para conseguir estacionar e carregar seus veículos nos grandes shoppings do país neste final de ano. Vale ressaltar que um carro elétrico demora uma média de 40 minutos de espera em um eletroposto, para carregar. Hoje, a tecnologia mais rápida é o Supercharge da Tesla, que gasta 20 minutos.

Para facilitar ainda mais a vida dos proprietários de carros elétricos ou híbridos, empresas especializadas na gestão de eletropostos, como a Elev, criaram um APP onde o motorista tem acesso de forma prática e intuitiva a localização de eletropostos cadastrados em sua cidade com mapas ilustrativos, além de chat direto com os administradores, agendamento de recarga e atualizações sobre novos cadastros de postos de forma simples e didática.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Instituto Árvore da Vida e AVSI Brasil entregam novo espaço de coworking

O ambiente conta com computadores, internet, impressora, salas de reunião e outras ferrame…