Home Motos Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

Comentários desativados em Centro Cultural Movimento mantém em exposição relíquia da Kawasaki

Raridade no país, o modelo Serie W de 1971 da Kawasaki está em exposição no Centro Cultural Movimento, em Socorro (SP). Aberto de quarta a domingo, os ingressos para visitação do museu custam R$ 20,00

No próximo dia 21 de agosto (domingo), acontece o ROTA K FEST – evento que vai reunir os proprietários de motocicletas Kawasaki e clientes das concessionárias autorizadas Kawasaki – Rota K – de Jundiai e Campinas, no interior de São Paulo, estarão reunidos para um moto-passeio para o Centro Cultural Movimento – CCM, museu que retrata a história da motocicleta e da bicicleta desde o início do século XX.

Os aficionados por motos clássicas e principalmente por modelos retrô Kawasaki têm um compromisso obrigatório no Centro Cultural Movimento (CCM), um dos principais museus dedicados a recontar a história das motos e bicicletas no país. Localizado em Socorro (SP), o local abriga em sua exposição uma relíquia da fabricante japonesa datada de 1971: a Kawasaki Serie W. O modelo marcou época por se inspirar claramente na motorização britânica. Equipada com dois cilindros em linha, o propulsor carburado de 624 cm³ de quatro tempos foi construído no estilo pós-guerra com design muito semelhante ao da inglesa BSA A10.

Uma verdadeira raridade por aqui, a Serie W foi fabricada exclusivamente no Japão, entre 1965 e 1974, e exportada para o mundo, principalmente para a Europa e Estados Unidos – pouca coisa chegou ao Brasil. Entre suas características, uma chama atenção em especial. Nas primeiras versões, o pedal de câmbio foi posicionado ao lado direto da moto, enquanto o pedal do freio traseiro era acionado com o pé esquerdo. Já nas versões a partir de 1968 – como pode ser visto no modelo em exposição –, os pedais foram invertidos: câmbio na esquerda e freio na direita, formato tradicional utilizado na maioria das motos até hoje.

Cedida ao Centro Cultural Movimento pelo Moto Classic Museum, museu localizado em Sumaré (SP), a Kawasaki Serie W 1971 em exposição mantém grande parte de suas características originais, como, por exemplo, suas rodas raiadas, freios a tambor e câmbio de quatro marchas. Entre outras particularidades da ficha técnica, o modelo pesa 181 kg (peso seco), vem equipado com suspensão telescópica na dianteira e braço oscilante na traseira e pode alcançar a velocidade máxima de 180km/h.

A história deste modelo também ganhou destaque no livro: Duas Rodas e uma Nação.

Para mais informações, acesse o site oficial do museu: www.centroculturalmovimento.com.br

Kawasaki Serie W 1971 no CCM em exposição

Onde: Centro Cultural Movimento (CCM);

Endereço: Praça Rachid José Maluf, 83, Socorro (SP);

Horário de Funcionamento: quartas, quintas e sextas, 12h às 20h, sábados, das 10h às 20h e domingos e feriados, das 9h às 17h;

Ingressos: R$20,00 (vinte reais/inteira) e R$10,00 (dez reais/meia entrada).


1º ROTA K FEST – 2022

Quando: domingo, 21 de agosto;
Horário: das 8h às 16h;

Pontos de partida e informações adicionais: Rota K Campinas (19) 2514-8400 e Rota K Jundiaí – (11) 4522-1500

Destino: Centro Cultural Movimento – antiga Estação Ferroviária – Socorro (SP);

Ingressos: R$ 109,90 – por pessoa.

Vendas exclusivas pela plataforma Sympla

Artigos Relacionados
Leia mais em Motos
Comentários estão fechados

Veja também

Nova campanha do Fiat Fastback: um salto na categoria de SUVs

Filme estreia hoje com 30” no intervalo das novelas da Rede Globo e no domingo (2 de outub…