Home Notícias BMW abre nova linha de produção para módulos de bateria em Leipzig, na Alemanha

BMW abre nova linha de produção para módulos de bateria em Leipzig, na Alemanha

Comentários desativados em BMW abre nova linha de produção para módulos de bateria em Leipzig, na Alemanha

Produção de componentes eletrônicos é ampliada após investimento de 70 milhões de euros e gera 250 novos empregos

Foi lançada a segunda linha de produção de módulos de baterias do BMW Group na planta de Leipzig, na Alemanha. O novo sistema fabrica módulos para o BMW i4, modelo totalmente elétrico, fabricado em Munique, também na Alemanha. A primeira linha de produção da planta de Leipzig entrou em funcionamento em maio de 2021 e fornece os módulos de bateria para o BMW iX.

“O lançamento da segunda linha de produção de módulos de bateria de Leipzig é uma contribuição importante para fornecer os componentes de bateria necessários para fabricar um número crescente de veículos eletrificados”, disse Markus Fallböhmer, Head de Produção de Motores e E-Drive do BMW Group. A expansão gradual da produção de componentes eletrônicos está levando o BMW Group cada vez mais perto de sua meta para 2030, quando se espera que os modelos totalmente elétricos representem pelo menos metade das vendas do BMW Group.

Garantindo a viabilidade futura da planta de Leipzig

A nova linha de produção representa um investimento de cerca de 70 milhões de euros. À medida que a expansão da produção de componentes eletrônicos continua, novos empregos estão sendo criados, com cerca de 250 pessoas trabalhando na nova linha até o final de 2022, além dos mais de 700 empregados na produção de componentes eletrônicos em Leipzig.

O segundo sistema de produção de módulos de bateria da fábrica ocupa uma área de aprox. 4.250 m² e cada um dos módulos passa por 196 estações de produção antes de estar completo e pronto.

Para se preparar para o aumento constante de veículos eletrificados, a produção de E-drives em Leipzig se tornará ainda mais extensa e flexível já no próximo ano, com os próximos estágios do programa de expansão gerando novos empregos. Outro marco importante será a produção do sucessor do MINI Countryman, que deverá sair das linhas de produção a partir de 2023. O modelo crossover estará disponível com motores de combustão e tração totalmente elétrica.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nova campanha do Fiat Fastback: um salto na categoria de SUVs

Filme estreia hoje com 30” no intervalo das novelas da Rede Globo e no domingo (2 de outub…