Home Notícias Audi do Brasil fecha primeiro semestre com crescimento de 118% nas vendas

Audi do Brasil fecha primeiro semestre com crescimento de 118% nas vendas

Comentários desativados em Audi do Brasil fecha primeiro semestre com crescimento de 118% nas vendas

 

 
Com a estratégia de manter um crescimento sustentável e perene da marca no país, a Audi do Brasil comemora os resultados de vendas do primeiro semestre de 2014. A montadora alemã comercializou 6.126 veículos de janeiro a junho – um aumento de 118% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a marca entregou 2.802 modelos aos consumidores brasileiros. Com isso, a empresa mais do que dobrou o número de emplacamentos e, em seis meses, praticamente atingiu o mesmo patamar de vendas de todo o ano de 2013, quando foram comercializadas 6.692 unidades.
 
Desde o início do ano a companhia fez uma série de lançamentos que se tornaram sucesso: o A3 Sedan 1.8 e 1.4 TFSI, o exclusivo A1 Kult, o primeiro super esportivo da linha Q – O RS Q3, o S3 Sportback e o RS7 foram importantes para alavancar as vendas da marca. Junho também foi destaque para a Audi no Brasil. Foram comercializadas 1.102 unidades no mês, um crescimento de 121% em relação a junho de 2013, quando foram emplacados 498 veículos.
 
No total de vendas de veículos do segmento premium, fechou mais um mês como a mais vendida no País , título que a empresa já havia conquistado em maio, quando foram emplacados 1.309 veículos da marca no Brasil – 107 unidades a mais que a segunda colocada.
 
Para Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi do Brasil, os resultados demonstram que a estratégia da empresa de renovação constante do portfólio de produtos, investimentos na imagem da marca e na rede de concessionárias no país são reconhecidos pelos consumidores brasileiros. “Este será nosso melhor ano no Brasil. Ainda temos muitas ideias para o segundo semestre, queremos conquistar novos clientes e atingir nossa meta de vendas”, destaca Hofmann. A expectativa da empresa é vender pelo menos 10 mil carros em 2014 e chegar a 30 mil carros por ano em 2020, quando a fábrica no Brasil estiver operando em sua máxima capacidade. 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat mantém liderança de mercado em setembro com Strada como veículo mais vendido; Fastback tem mais de 6 mil unidades comercializadas

Strada, Mobi e Argo fazem parte do top 10 de veículos mais vendidos do Brasil no mês Setem…