Home Notícias A tecnologia molecular chegou ao mercado de lubrificantes

A tecnologia molecular chegou ao mercado de lubrificantes

0

Os produtos nano oferecem melhor desempenho aos maquinários em comparação aos aditivos químicos

A nanotecnologia é uma forma de controle de moléculas em escala atômica e molecular. É usada para o desenvolvimento de materiais e componentes com o objetivo de tornar as estruturas mais estáveis e com um desempenho melhor. Assim, é possível que um elemento ganhe propriedades únicas, sendo mais forte, fino, resistente ou durável e que pode ser usado em diversos setores da indústria.

No setor de lubrificação não é diferente. Percebendo uma necessidade do mercado que procura sempre alta performance no desempenho de maquinários, seja no agronegócio, indústria de alimentos, automotivo ou offshore, o setor de lubrificação inovou trazendo lubrificantes que utilizam a nanotecnologia em seus produtos.

A lubrificação é parte importante de um mecanismo complexo para garantir o funcionamento da cadeia de produção dos vários setores e produtos de qualidade que, além de aumentar a vida útil dos maquinários, garantem uma produção sem paralisações. “Os lubrificantes precisam entregar benefícios básicos para a produção, como maior intervalo de relubrificação, maior tempo de vida das peças e maior produtividade. Os produtos existentes no mercado já entregam essas qualidades, mas com a nanotecnologia, conseguimos potencializar as propriedades”, explica Luiz Maldonado, CEO da Lubvap Lubrificantes Especiais.

Os lubrificantes produzidos com nanotecnologia apresentam uma performance superior aos lubrificantes comuns, fornecendo vantagens que somente o controle molecular é capaz de oferecer, como redução de atrito das peças, alcançando áreas que os produtos comuns não alcançam, ou a formação de barreira mais eficiente. “Observamos também que os aditivos nano não apresentam rápida exaustão como os aditivos químicos, o que aumenta o intervalo de troca do produto no maquinário”, completa Maldonado.

Além disso, a tecnologia é capaz de atender as mais diversas especificidades, como o Lubvap Super Blue, indicado para períodos longos de lubrificação, como rolamentos ou o Lubvap Super Temp 2, que mantém sua performance em altas temperaturas. “Nós temos também o Lubvap Super Load para cargas elevadas e o Lubvap Super Elétric, para motores elétricos. Existe uma linha completa que pode ser usada por todos os setores”, finaliza o CEO.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Deixe um comentário

Veja também

BMW Group anuncia o “Desafio de Inteligência Artificial” e leva a diversidade a outro patamar

Com o novo desafio, o BMW Group procura casos de utilização de Inteligência Artificial par…