Home Notícias 90% dos usuários carregam seus EVs em casa ou no trabalho

90% dos usuários carregam seus EVs em casa ou no trabalho

0

Novas tecnologias elevam autonomia de veículos elétricos ao mesmo tempo que reduzem o tempo de recarga

Levantamento feito pela General Motors aponta que nove entre 10 usuários costumam recarregar seus veículos elétricos na residência ou no trabalho, aproveitando o período que o automóvel passa estacionado.
Como a média de deslocamento das pessoas é de aproximadamente 40 quilômetros por dia, é possível afirmar que basta uma recarga completa para rodar mais de uma semana em EVs mais modernos, com autonomia superior a 400 km.

Para uma experiência completa com um veículo elétrico, o ideal é que o proprietário tenha instalado na garagem um carregador tipo wallbox. O aparelho permite realizar o carregamento quatro vezes mais rápido do veículo do que numa tomada convencional de 220V, aproximadamente.

No caso do Bolt EV, uma hora de recarga no wallbox é suficiente para adicionar até 40 km de autonomia. O modelo da Chevrolet roda, em média, 459 km no ciclo WLTP ou 416 km no ciclo EPA. Isto porque o uso do carro elétrico em trechos urbanos permite que uma parte maior da energia seja recuperada com a frenagem regenerativa.

“Carregar um carro elétrico é tão prático quanto um smartphone, e a maioria das pessoas faz isso durante à noite, enquanto descansa. Muitos aproveitam para fazer recargas de oportunidade no meio do dia ou quando saem da rotina, como numa viagem”, diz Glaucia Roveri, gerente de Desenvolvimento e Infraestrutura de EVs da GM América do Sul.

Para casos excepcionais como estes uma opção é o carregamento super-rápido para EVs, em geral encontrado em eletro postos de estradas. Aqui, bastam alguns minutos para ganhar boa autonomia extra para seguir caminho.
A quantidade de recarregadores públicos está crescendo e a consulta da localização deles pode ser feita por meio de aplicativos específicos, como o PlugShare e o Waze.

Nova geração de baterias

Recém-apresentado nos Estados Unidos, o Blazer EV estreará em 2023 já com um conjunto de plataforma, motor e bateria de última geração, batizado de Ultium, que permitirá adicionar 130 km de autonomia a cada 10 minutos numa estação de carregamento super-rápido. O futuro SUV premium da Chevrolet vai rodar até 530 km com uma carga completa, de acordo com estimativas do fabricante.

“A nova geração de bateria Ultium traz uma composição química mais avançada, com menor custo de produção e maior densidade de energia, que se traduz em maior autonomia. Além disso, conta com recursos que permitem uma recarga bem mais rápida”, explica Marcos Paiva, diretor de Estratégia de EVs da GM América do Sul.

Vale destacar que a autonomia de um veículo elétrico está diretamente relacionada à capacidade da bateria, assim como a de um automóvel tradicional a combustão está condicionada ao volume do tanque de combustível.
Tanto é que o Bolt EV atual, equipado com bateria de 66 kwh, tem autonomia quase 10% superior ao que o modelo anterior, que tinha bateria de 60 kwh.

No caso da velocidade de carregamento dos EVs, influencia a potência do carregador, a tensão e a corrente da rede elétrica, limitado pela capacidade máxima de recarga da bateria do veículo.

Outra vantagem dos EVs é o menor custo de manutenção e o de rodagem, que chega a ser aproximadamente um quarto do valor de um carro tradicional de mesmo porte e nível de equipamento.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Deixe um comentário

Veja também

Nova campanha do Fiat Fastback: um salto na categoria de SUVs

Filme estreia hoje com 30” no intervalo das novelas da Rede Globo e no domingo (2 de outub…